Tacaratu.net

Segunda-Feira, 26 de Junho de 2017
Rádio Perfil FM


Jorge Dyantonino

Jorge Dyantonino

Poesias, Crônicas, Prosas e Cordeis


20/08/2010

Retrato Tacaratu

                                                                         

 

Terra de muitas belezas

Riquezas e encantos mil

Pedaço do meu Brasil

Onde o Sertão vira Sul

Retrato Tacaratu

Em meus versos e repentes

Seu povo e sua cultura

Nas doces lembranças tuas

Que guardo na minha mente

 

Terra de origem indígena

Que freguesia se fez

E o índio forte e cortês

Ajudou a enaltecer

E começou a crescer

Dos seus rituais de fé

Marcados pelo toré

Do povo Pankararu

Retrato Tacaratu

Em meus versos e repentes

Seu povo e sua cultura

Nas doces lembranças tuas

Que guardo na minha mente

 

Vertentes, verdes montanhas

Dos eternos coqueirais

Também dos canaviais

E engenhos por bois puxados

Do tijolo temperado

Com a raiz do umbu

Retrato Tacaratu

Em meus versos e repentes

Seu povo e sua cultura

Nas doces lembranças tuas

Que guardo na minha mente

 

Reisado e coco tebei

Da Lagoa ao Olho D'água

São tradições que hoje marcam

O folclore desta gente

Nelas também tão presentes

As lendas e o pastoril

Cantado com todo brio

Dos cordões vermelho e azul

Retrato Tacaratu

Em meus versos e repentes

Seu povo e sua cultura

Nas doces lembranças tuas

Que guardo na minha mente

 

Também tem o artesanato

Do Brejo a Caraibeiras

Arte em barro e madeira

Obras de couro curtido

Redes em fios tecidos

Com cores, belezas tantas

E as bolsas, lençóis e mantas

Vendidas de norte a sul

Retrato Tacaratu

Em meus versos e repentes

Seu povo e sua cultura

Nas doces lembranças tuas

Que guardo na minha mente

 

Tem a Festa de Janeiro

Que atrai muitos romeiros

Em visita ao santuário

Também tem no mês de maio

A Festa de Santa Cruz

E as missas de vaqueiro

Pra quem honra profissão

Correndo atrás do pão

Montado no seu cavalo

De guarda-peito ornado

E chapéu de couro cru

Retrato Tacaratu

Em meus versos e repentes

Seu povo e sua cultura

Nas doces lembranças tuas

Que guardo na minha mente

 

Tem o forró pé-de-serra

Poetas e sanfoneiros

Cantores e seresteiros

Que abrilhantam nossa terra

Bandas de pife que alegram

O gritador do leilão

E aqui nosso São João

É um grande festival

Não vejo um evento igual

Nem mesmo em Caruaru

Retrato Tacaratu

Em meus versos e repentes

Seu povo e sua cultura

Nas doces lembranças tuas

Que guardo na minha mente

 

Pra findar este repente

Quero parabenizar

Aqueles que sabem amar

E enaltecer nossa terra

Que noutros cantos elevam

O nosso povo querido

Nos tornando conhecidos

No Brasil de Norte a Sul

Retrato Tacaratu

Em meus versos e repentes

Seu povo e sua cultura

Nas doces lembranças tuas

Que guardo na minha mente

 

 

Autor: Jorge Antônio Cavalcante Lima (Jorge Dyantonino)





Todos os diretos reservados
Direção: José Manoel do Nascimento
Contato: (75) 3281.3004 / (75) 8801.3000