Tacaratu.net

Segunda-Feira, 26 de Junho de 2017
Rádio Perfil FM


Jorge Dyantonino

Jorge Dyantonino

Poesias, Crônicas, Prosas e Cordeis


23/11/2010

Pernambuco, meu estado de Orgulho Natural

Uma nobre estrela do Nordeste
De um Brasil tão repleto de riquezas
Onde sol brilha com sua realeza
Num arco-íres de cores sem igual
Que se vê do Sertão ao litoral
Traços fortes de um povo nobre e culto
Como é doce falar de Pernambuco
Meu estado de Orgulho Nacional.

Um "Leão deste norte" aguerrido
Que deu luz, som, brilho a nossa História
Onde os mangues eternos de outrora
Deram origem ao Recife tão gigante
Em que Olinda se viu principiante
Linda terra gentil pra ser cidade
E é possível se ver nestes lugares
Marcos vivos de Holanda e Portugal
Reveladas também no carnaval
Dos gigantes do frevo absoluto
Como é doce falar de Pernambuco
Meu estado de Orgulho Nacional.

Maracatu, caboclinho e ciranda
Cantam os mares de águas cristalinas
O bagaço de cana das usinas
Temperado com o clima tropical
Das estradas que lavam ao litoral
Trazem o cheiro da brisa matutina
E o mar calmo de Porto de Galinhas
Emolduram este cartão postal
De beleza "soberbo estendal"
Como uma virgem de ego impoluto
Como é doce falar de Pernambuco
Meu estado de Orgulho Nacional.

Nas pousadas e hotéis Gravatá
Como é bom desfrutar deste seu clima
Garanhus, a "suíça Nordestina"
Também tem suas belezas pra mostrar
É impossível deixar de ressaltar
Os bonecos do Mestre Vitalino
Caruaru com seus festejos juninos
Do forró é grande Capital
Uma cidade de pólo industrial
Que preserva as tradições do matuto
Como é doce falar de Pernambuco
Meu estado de Orgulho Nacional.

Teu Sertão é um celeiro cultural
"Nova Roma" de heróis Bravos vaqueiros
Dos poetas, cantores, sanfoneiros
Meu orgulho e meu berço natural
Onde Rei Gonzagão tão magistral
Cantou xote, baião, coco e xaxado
Onde existem os folguedos e reisados
E as novenas completam o ritual
De um povo que expressa sem igual
Retidão, força e fé, caráter justo
Como é doce falar de Pernambuco
Meu estado de Orgulho Nacional.

As grandes plantações e o parreiral
Vinho bom fabricado em Petrolina
Exportando iguarias nordestinas
Pra Europa e gerando capital
Bode assado em Floresta é especial
Pois tem gosto do pasto da caatinga
Em Triunfo a cachaça cristalina
No inverno esquenta o festival
E as violas dão o tom musical
Destes versos tão belos que escuto
Como é doce falar de Pernambuco
Meu estado de Orgulho Nacional.


Pelos fios de um do cordel original
A trinar o meu veio de poesia
Com o peito tomado de alegria
Vou falar da minha terra Natal
Tacaratu, minha "cidade relical"
Pela "Mãe da Saúde" abençoada
Das serestas, noites enluaradas
Que nasceu da Tribo Pankararu
Tem sabor agridoce do caju
Por romeiros é muito visitada
Em sua vila redes são fabricadas
E exportadas pra toda capital
Terra boa de origem divinal
Pela qual tenho amor e orgulho duplo
Pois está situada em Pernambuco
Meu estado de orgulho Nacional.

Autor: JORGE ANTÔNIO CAVALCANTE LIMA
Nome Artístico: Jorge Dyantonino

 





Todos os diretos reservados
Direção: José Manoel do Nascimento
Contato: (75) 3281.3004 / (75) 8801.3000